Para quem deseja ingressar em uma empresa de serviço público no país, estudar para concursos é o melhor caminho. No entanto, pode se tornar uma tarefa árdua se não for planejada corretamente, e um tanto difícil quando se é iniciante.

dicas valiosas para quem está começando a estudar para concursos

Afinal, como saber se está estudando de modo correto? Como administrar o tempo para as questões? É possível estudar todos os dias?

Por isso, o mais importante é se planejar e ter organização para otimizar o tempo destinado aos estudos e colocar em prática pequenos detalhes que fazem toda a diferença.

Algumas dessas práticas incluem uma otimização do tempo de estudo para se aprender mais em pouco tempo, criar ligações rápidas entre um conteúdo e outro para armazenar mais informações e, principalmente, ficar atento aos detalhes em relação à prova.

Entretanto, é essencial considerar que cada um possui um ritmo e entendimento de estudo diferente do outro, assim como cada um pode ter determinados materiais que o outro não possui, viabilizando a necessidade de fazer aluguel de notebook para ser um auxílio.

Recomendações para ajudar nos estudos

Estudar para uma prova é fazer uma trilha do que é ou não necessário até atingir o resultado final da aprovação, mas para ajudar neste percurso, algumas dicas podem facilitar, como:

  1. Não espere um dia exato para iniciar os estudos;
  2. Tenha um ambiente tranquilo para estudar;
  3. Refaça provas anteriores;
  4. Divida o tempo entre estudo e prática;
  5. Faça revisões e mapas mentais;
  6. Tenha momentos de descanso;
  7. Conheça sobre o concurso que irá prestar;
  8. Elabore um plano de estudos.

Se preparar com antecedência é uma das bases que pode ajudar qualquer pessoa a se organizar melhor para a realização de uma prova. Por isso, quanto antes começar a ver as matérias e conteúdos recomendados, será melhor para absorvê-los.

Não espere poucos dias ou semanas antes da data. De preferência, comece meses antes para que não tenha dúvidas quando estiver perto da data da prova, até mesmo para se organizar com os materiais que são necessários, como um caderno personalizado.

O ambiente destinado aos estudos também pode ser a peça-chave para que o aprendizado avance, por isso, ele deve ser um local que atenda as necessidades que o aluno terá durante a preparação.

Fatores como iluminação, temperatura do ambiente, barulhos e até mesmo a interrupção de pessoas podem tanto atrapalhar como ajudar, portanto, o local deve ser escolhido priorizando o conforto ou concentração.

Inclusive, se o ambiente de estudos for em seu lar, uma opção é equipar o ambiente com uma mesa de canto escritório para atender as necessidades.

Somado a isso, resolver as provas anteriores ao do concurso atual pode ser uma ajuda para entender melhor como o sistema de provas funciona e quais os conteúdos mais frequentes, podendo haver um planejamento das áreas que devem ser mais focadas.

Afinal, assim como as revisões feitas de alguma forma dinâmica são capazes de fixar a informação de um modo mais fluido, estudar as edições anteriores pode ser visto como uma forma econômica para o aprendizado.

Isso demanda a impressão de apostilas para facilitar e servir como material de apoio, seja o estudante iniciante ou não na seletiva.

Os estudos para um concurso não devem apenas ficar em leituras de teorias para que o conteúdo se fixe o máximo que puder, mas também deve emergir nos exercícios práticos para uma melhor compreensão do que está sendo abordado.

Assim, a criação de mapas mentais pode ser uma ajuda para interligar assuntos e memorizar conteúdos. Para torná-lo mais dinâmico, existem modelos online para se inspirar e criar o seu próprio, fazendo o uso de caneta executiva personalizada e papéis diversos.

Para se criar um mapa mental, é preciso definir um assunto central a partir de suas ramificações, que possuem alguma relação com outros conteúdos ou informações adicionais, fazendo com que o cérebro crie relações e memorize o que foi escrito.

Isso porque a forma simplificada e as palavras-chaves ligadas ao tema da questão podem, durante a prova, ajudar a lembrar do que foi estudado com o mapa mental.

O descanso também deve fazer parte da rotina de estudos. Pequenas pausas diárias para respirar, fazer atividades físicas ou descansar a mente se tornam meios de relaxamento e carregamento da bateria humana.

Pausas para cochilos após o almoço também são ações que aliviam a mente e o corpo, da mesma forma que uma cadeira gamer profissional proporciona um conforto enquanto estiver estudando.

O conhecimento é uma parte fundamental quando se trata de concursos, seja por conta da avaliação ou pelo concurso em si. Saber como o processo seletivo funciona, as etapas da prova e como os resultados são lançados podem ajudar em uma melhor preparação.

Por que um plano de estudos é importante?

Depois de obter o conhecimento das matérias e conteúdos que irão cair na prova, chega a etapa da qual não se pode ser pulada: o plano de estudos. Variando de pessoa para pessoa, o plano de estudos é o que precede a etapa do estudo das disciplinas.

Se houver condições de contratar os serviços de cursinhos preparatórios e professores particulares, esse planejamento será mais fácil devido à base que os profissionais utilizam para dar aulas.

Um plano de estudos também pode contar com outros meios de se entender o conteúdo, saindo das tradicionais apostilas e utilizando materiais, que também podem estar no formato online, como videoaulas e assuntos virtuais que se agregam ao plano.

Porém, como a internet pode causar distrações, é essencial ter um foco para que a concentração não seja desviada e o plano comece a desandar.

Estudos em grupo podem se encaixar no que diz respeito ao planejamento de estudos, chegando até a ser recomendado por professores para tornar mais fácil o entendimento, com a troca de ideias e diferentes pontos de vista que um mesmo assunto.

A troca de informações e uma pequena reunião podem ser realizadas em salas comerciais alugadas com cadeiras para escritório, parques ou em outros ambientes que possibilitem a concentração no assunto.

Um plano de estudos também pode conter alguns pontos que não tem relação com as matérias a serem estudadas, como etapas de motivação e os objetivos a serem alcançados.

A motivação pode ser um aliado quanto fatores externos começam a circular pela mente, visto que a rotina e cobranças internas e externas, podem ser algo que atrapalhe a concentração nos estudos. 

Por isso, é importante sempre lembrar das motivações quando se está passando por um momento difícil durante os estudos.

Outra inclusão no plano de estudos são os objetivos que se deseja alcançar e as metas que pretende atingir no entendimento de alguma matéria ou na realização dos pequenos simulados para treino.

Como se planejar para o dia da prova?

Ao chegar o tão aguardado dia da prova, deve-se ter atenção para que os preparativos e todos os estudos não tenham sido perdidos durante o tempo.

Estudar um dia antes da prova é algo que professores e outros profissionais não recomendam, pois o conteúdo não será absorvido pelo participante nas vésperas do exame, portanto, o ideal é descansar a mente.

Seja fazendo um passeio, realizando algum lazer ou simplesmente ficar em casa, esse tipo de atividade ajuda a recarregar as energias necessárias.

O cuidado com a alimentação às vésperas da prova também deve se ter atenção, pois alimentos pesados podem fazer mal e dar um resultado imprevisível no dia seguinte. Portanto, a comida deve ser leve e balanceada.

A atenção para o sono também é necessária, sendo recomendado dormir cedo para descansar a mente e tentar controlar a ansiedade e nervosismo antes da prova.

Se possível, visite o local da prova com antecedência para saber os melhores trajetos e possíveis empecilhos que possam levar ao atraso no dia do exame. Portanto, leve em consideração sair com antecedência de casa.

Revise o que é permitido ou não levar, como canetas, se pode haver lápis ou borrachas, algum lanche e se há restrições dos alimentos permitidos, além de uma garrafa de água e os documentos necessários que constam no edital.

Durante a prova, tenha tranquilidade na hora de responder e não se prenda as questões que houver dificuldades para não perder o tempo destinado às demais e passar do horário limite da prova.

Por fim, deve-se ter atenção redobrada no preenchimento do gabarito, respeitando as regras da prova para que ela não conste como invalidada.

Considerações finais 

Estudar para um concurso demanda um planejamento antecipado e uma boa organização por parte do participante, que caso não tenha sido feito corretamente, pode até mesmo ser uma armadilha que pode atrapalhar ao invés de ajudar. 

Assim como estruturar o material e a busca por uma grafica rapida perto de mim se tornam questionamentos frequentes que um participante pode fazer antecipadamente durante a época preparatória.

Alguns pontos podem de fato fazer diferença, gerando um resultado positivo. Ter atenção ao conteúdo em equilíbrio com o descanso mental e físico podem torná-lo mais produtivo para a absorção das matérias estudadas.