A preparação para um concurso de Assistente Social demanda muito estudo que engloba muitos assuntos e matérias específicas para a área, afinal, diferentemente de outras profissões, essa pode lidar com assuntos mais complexos durante a sua atuação.

dicas para prestar concurso de Assistente Social

Um assistente social é um profissional que analisa, elabora e coordena ações que envolvem os cidadãos em relação à saúde, educação, habitação e a previdência de uma sociedade, cujo objetivo principal é ajudá-los a ter condições satisfatórias de vida.

Seja com o auxílio para impressão de livros de forma mais barata para crianças menos favorecidas na escola ou ajuda nos estudos sociais de uma região.

Por conta dos problemas sociais enfrentados pela população, a necessidade desses profissionais se torna ainda mais importante para suprir as demandas que carecem de melhorias.

As áreas de atuação de um serviço social

Embora seja um assunto não tão conhecido para alguns, existem diversas áreas que um estudante que passa em um concurso para assistente social pode atuar, sendo as mais procuradas:

  • Serviço social;
  • Educação;
  • Saúde;
  • Relações trabalhistas.

É direito de um cidadão ter acesso a uma assistência social em casos de necessidade, assim como também é de direito o acesso à educação e a saúde.

Com a função de promover o bem-estar não somente físico, mas também o psicológico e o social, um assistente pode trabalhar em colaboração de empresas privadas, órgãos públicos ou até ONGs.

Atendendo as necessidades e desenvolvendo projetos para todas as idades que carecem de cuidados, inclusive idosos ou adultos que possam passar por situações de risco a sua integridade e saúde, como o abandono.

A área de educação é uma das que mais demanda ajuda de assistentes sociais, seja em instituições de ensino privadas ou públicas, cuidando de bolsas de estudo, financiamentos e até do sistemas de cotas em algumas organizações.

A criação de projetos sociais com melhorias na adaptação da seleção de estudantes também pode ser algo que fique sob responsabilidade dos assistentes sociais, pois esse setor tem um controle de dados que pode ajudar nas seletivas.

Ademais, esses projetos sociais podem ajudar em questões de entrega de material escolar ou uniformes, fazendo parcerias para haja encadernação capa dura personalizada como forma de ter uma maior durabilidade.

Além de incentivar a doação dos materiais que não são mais utilizados para que possam ajudar as pessoas que não possuem condições financeiras.

Em casos de ensino superior, um assistente social pode atuar na aceitação de pessoas consideradas em situação de vulnerabilidade, dando suporte aos alunos e promovendo atividades de conscientização em instituições privadas.

Sendo outra área concorrida, os assistentes sociais ligados a área da saúde podem ter um leque de atuação dentro desse setor.

Em um hospital, a atuação desse profissional pode variar como um intermédio entre os pacientes ou seus familiares e os profissionais da saúde, esclarecendo alguns procedimentos para que o entendimento se torne mais fácil.

Da mesma maneira, ajudar a população e os órgãos de saúde a se conscientizarem em relação a campanhas de vacinação, prevenção de doenças transmissíveis e prevenção de epidemias, contando com materiais como rótulo personalizado e panfleto informativo.

Existe ainda a atuação de assistência social na área da saúde para atender e ajudar vítimas que apresentam sinais e casos de abuso e violência, podendo atrelar essa profissão com a de psicologia social.

Os assistentes sociais que têm relações trabalhistas possuem a função de garantir que os direitos dos trabalhadores sejam exercidos, especialmente conscientizando as empresas, por meio de programas educativos.

Também podem ser incluídos sob a responsabilidade do profissional o bem-estar de uma corporação, principalmente no que é estabelecido em relação à saúde, a segurança no trabalho e os deveres e os direitos trabalhistas.

Sendo possível montar até mesmo, em parceria com a empresa, um projeto escritório residencial para os trabalhadores que possuem maior dificuldade em chegar ao local de trabalho de forma que não atrapalhe o seu rendimento, por exemplo.

Dicas para prestar concurso de assistente social

Preparar-se para um concurso pode ser algo que exige bastante disciplina do candidato, para que possa ter êxito na realização da prova. 

Nesse sentido, algumas dicas de organização que podem ser seguidas para a preparação até a data do exame, podem incluir:

1. Fazer cronograma de estudos

O tempo de preparo até a chegada da prova é uma fase muito esperada, que se não for planejada de uma maneira correta com os estudos, pode ser desperdiçada, considerando que a falta de preparação é um dos fatores que mais desclassifica candidatos.

Por isso, quanto antes um cronograma de estudos e uma programação diária do que será absorvido forem elaboradas, melhor será para a preparação do candidato, especialmente no que se refere aos materiais necessários para estudar os conteúdos.

Alguns podem fazer buscas de uma grafica rapida perto de mim como meio de economizar na impressão de apostilas e livros dos anos anteriores, caso não possua investimento para a compra de produtos novos.

Além disso, o cronograma servirá como uma método para o candidato ter disciplina, o que refere ao fato de que este calendário estipulado deve ser respeitado e seguido para obter uma maior absorção dos conteúdos estudados.

Tanto se o candidato contar com a opção de estudar por conta própria em casa, realizar o aluguel de escritório por dia para ter um ambiente maior e silenciado ou por estudar através de um curso preparatório, que seja específico para a área.

2. Realizar simulados e exercícios diários

A resolução de simulados e questões das provas anteriores também é um método de preparação de grande auxílio para o candidato, uma vez que oferece maior noção do tipo de conteúdo e o formato de avaliação que será aplicado.

Com isso, uma separação dos graus de dificuldade para dedicar o foco de estudos para um entendimento integral, podendo ser separados com etiqueta adesiva redonda personalizada para uma maior fixação ou para criar prioridades de estudo e revisão.

3. Buscar mais de uma forma de estudo

Buscar mais de um método de estudo é algo que ajuda na compreensão de muitos conteúdos, especialmente com a internet, onde professores e outros profissionais fazem vídeos, criam plataformas ou até mesmo aplicativos para ajudar o candidato.

4. Ter conhecimento nas áreas básicas de provas

Não somente conteúdos focados na área de concursos para assistentes sociais, mas também é importante que o candidato tenha conhecimentos básicos em áreas como língua portuguesa, raciocínio lógico, exatas e até ciências da natureza.

5. Decidir a área de atuação

Decidir a área de atuação dentro do campo de serviço social também é importante para uma preparação de questões mais objetivas em alguns concursos, e também, em alguns editais exigem que haja algumas obrigações das quais precisam ser cumpridas.

6. Conferir o edital

A leitura do edital deve ser fundamental para saber se o concurso possui algum critério específico ou algumas etapas das quais devam ser cumpridas antes de sair a aprovação final. Aliás, é importante ficar atento aos mínimos detalhes.

7. Manter-se atualizado nas notícias locais e mundiais

Os pontos anteriores farão ainda mais sentido quando o candidato estiver atento às notícias locais e mundiais.

Isso porque grande parte dos concursos é constituído de uma redação que pode ter relações com assuntos, ou ainda, temas que podem ser citados ao longo do texto como uma referência.

O que estudar para concurso, afinal?

Por estar diretamente ligado que se se refere a Constituição, a prova do concurso de assistente social possui muitas questões com relação ao documento e a área de atuação do profissional, sendo alguns desses temas:

  • Código de Ética do Serviço Social;
  • Estatuto da Criança e do Adolescente;
  • Políticas Públicas e Sociais;
  • Assistência Social;
  • Fundamentos Históricos e Metodológicos do Serviço Social;
  • Serviço Social e Saúde;
  • Serviço Social no campo sociojurídico.

Essas e muitas outras matérias são encontradas em materiais online, sendo alguns de gratuitos e outros pagos. Portanto, vale a pena o investimento em aluguel de notebook para empresas, caso o candidato não possua.

Por ter relação com a Constituição, é fundamental estudá-la para ter um entendimento maior dos deveres e direitos tanto de uma sociedade como um todo, quanto do governo em relação à população.

Considerações finais

Trabalhar como assistente social engloba muitos desafios presentes no cotidiano da sociedade, e saber como lidar com eles em meio a tantos empecilhos que surgem é essencial para o profissional da área.

Para se preparar para o concurso, é essencial considerar que os assuntos dos quais o profissional trabalha são de cunho como abuso, violência doméstica e prevenção às drogas, devendo ser estudados.

Portanto, os preparativos para o concurso devem ir além de passar nos exames em uma boa colocação, e ter em mente de que um assistente social pode ser muitas vezes o que uma pessoa em estado de vulnerabilidade pode contar.