A área da odontologia é uma das mais concorridas atualmente. Diversas universidades disponibilizam esse curso em sua grade, para que as pessoas possam investir nesse setor e se tornem especialistas. Por isso, se você está buscando ideias para começar nessa área, separamos dicas sobre como se preparar para realizar um curso de odontologia.

Curso de Odontologia

O que é a odontologia?


Primeiramente, é importante destacar o que é essa área da odontologia. Na prática o segmento é o campo responsável pelos estudos dos dentes e da boca de modo geral.
 
É nesse segmento em que os dentistas são formados e se especializam, de acordo com seus desejos e necessidades.

Apesar de parecer um campo estreito, a área da odontologia é bastante vasta, repleta de opções para quem opta por seguir carreira como dentista, podendo atuar com públicos ou tratamentos mais específicos.

Vestibulares


Por ser um setor de suma importância para a sociedade, já que os dentistas são responsáveis pela saúde bucal da população, o curso de odontologia é muito explorado.

Dessa maneira, diversas universidades espalhadas pelo Brasil, sejam elas públicas ou particulares, disponibilizam em sua grade essa opção.

Ao mesmo tempo que existem bastante opções de universidades, a concorrência também é grande, sendo um dos cursos mais concorridos, especialmente nas universidades públicas devido às possibilidades do segmento.

Dessa maneira, as pessoas que tem o desejo de prestar vestibular para seguir carreira nessa área, tem de ter a consciência de que é fundamental estudar bastante, compreendendo todas as matérias que são pedidas nos vestibulares e com um foco ainda maior nas matérias específicas, pois muitos vestibulares cobram isso.

Existem diversos cursos preparatórios para que as pessoas se preparem melhor para os vestibulares.

Os famosos cursinhos, por exemplo, foram criados justamente como uma etapa de estudo prévia, com foco total nas provas que são passadas pelas universidades, principalmente as faculdades públicas, tais como:

  • USP;
  • Unesp;
  • Unicamp;
  • Universidades federais.

Áreas de atuação


Como dissemos, o campo da odontologia é bastante vasto, repleto de opções para quem escolhe seguir carreira nessa área.

O dentista “tradicional”, por exemplo, é aquele responsável pelas consultas de rotina e pela aplicação de tratamentos importantes para a melhora da qualidade dos dentes, como o aparelho invisivel.

Esse profissional deve, além de verificar o que é necessário para melhorar a qualidade da arcada dentária de seus pacientes, ajudar a desenvolver esses instrumentos e realizar os procedimentos preventivos, como a profilaxia.

Assim, por meio de análises e verificação de como os aparelhos se encaixam nos dentes dessas pessoas, esses profissionais também podem solicitar ou realizar o molde.

O desenvolvimento de aparelhos dentários, como o próprio aparelho dental invisivel, é realizado após a avaliação de quais são as necessidades de cada paciente, como é formada sua arcada dentária e, posteriormente, passa a desenvolver os instrumentos com base na arcada, no caso do molde removível.

Contudo, para além disso, existem diferentes especialidades que podem ser cursadas após a graduação e que contribuem para uma atuação mais focada, como no público infantil (odontopediatra) ou mais velho (odontogeriatria), bem como segmentos para implantes ou procedimentos estéticos.

Confira duas possibilidades a seguir:

1- Dentística


A dentística, por exemplo, é mais uma área que pode ser explorada pelos dentistas. Esse setor é referente aos tratamentos estéticos, muito procurados e que apresentam grande avanço.

Dessa maneira, o profissional que opta por seguir nessa área será o responsável pela aplicação de tratamentos estéticos nos pacientes, o que pode envolver desde o aspecto do sorriso, como a harmonia da face como um todo, como alinhamentos e preenchimentos.

O clareamento dental, por exemplo, é um dos procedimentos mais visados atualmente, pois é prático, simples e com valores mais acessíveis que outros.

Além disso, é um procedimento que revitaliza a qualidade dos dentes, transformando o sorriso das pessoas ao eliminar as manchas e o amarelamento dos dentes.

Outro exemplo que vem se destacando é o tratamento com a lente de contato dental, método que também se enquadra no rol de procedimentos estéticos, apesar de também poder ser realizado por outros especialistas da área.

2- Cirurgião dentista


O cirurgião dentista, como o próprio nome já indica, é o profissional responsável por operações cirúrgicas nos pacientes.

Por diversos motivos as pessoas podem necessitar de procedimentos como esses, principalmente na retirada de dentes, com o dente do siso.

Entretanto, também pode ocorrer de um paciente precisar substituir um ou mais dentes que foram perdidos.

Nesse caso, o processo cirúrgico é de posicionamento de implante dentário, que são estruturas metálicas que sustentam as próteses dentárias para recuperar a cavidade.

Por esse motivo, é fundamental ter o ensinamento e embasamento adequado, de modo que esses processos se mostrem mais seguros.

Considerações finais


Como vimos, a área da odontologia é bastante ampla, mas ao mesmo tempo muito concorrida.

Dessa maneira, é fundamental que as pessoas que queiram se especializar nesse segmento busquem maneiras de se aprimorar, realizando cursos, universidades, especializações e seguindo os passos dos grandes profissionais da odontologia.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Networkflow, especializada em materiais para network, empreendedorismo e dicas para a saúde e retenção de funcionários.