É verdade que você deve separar as roupas por cores, mas há uma série de informações falsas que circulam por aí.

As máquinas de lavar roupa revolucionaram a vida de quem precisa fazer essa tarefa, deixando-a muito mais prática e rápida. No entanto, apesar da presença do equipamento na maioria das casas, ainda há muitas dúvidas sobre as funcionalidades da máquina e o jeito certo de usá-la.

Lavar roupas na máquina

É fundamental saber o que é mito e o que é verdade, a fim de conservar as suas roupas e também a sua máquina. Como separar informações valiosas daquelas que não são efetivas? A lista a seguir contém alguns mitos e verdades.

A máquina precisa ser limpa regularmente - VERDADE


A maioria das pessoas nunca parou para pensar sobre isso, mas a verdade é que essa é uma informação que consta em praticamente todos os manuais: a sua máquina também precisa ser lavada, para eliminar sobras de produtos de limpezas e também resquícios de sujeira que se acumulam nos filtros.

Esse é um cuidado essencial para prolongar a vida útil do seu equipamento, bem como para garantir a correta higienização das suas roupas. Algumas máquinas modernas possuem um sistema que avisa como e quando isso deve ser feito. Há, ainda, a função de limpeza automática. Confira se é o caso da sua.

Roupas íntimas não podem ser lavadas na máquina - MITO


Sim, essas peças podem ser lavadas na máquina, mas é preciso ter cuidado com as mais delicadas, como lingeries de renda. O ideal é colocar essas peças em um saquinho próprio para o processo.

É melhor secar roupas na máquina que ao sol - VERDADE


Muita gente acha que as roupas podem estragar ou encolher quando secas na máquina, mas isso só acontece com determinados tecidos e, sobretudo, em equipamentos mais antigos. Geralmente, secar as roupas na máquina pode prolongar sua vida útil, uma vez que o sol pode ajudar a desbotar algumas cores e tecidos.

Se não quiser secar na máquina, prefira secar à sombra, em um ambiente arejado. Locais escuros e úmidos podem deixar as roupas com um cheiro desagradável ou até mofadas. Se o seu apartamento ou casa não possui um lugar arejado e longe do sol, seque na máquina.

O certo é juntar muita roupa e encher a máquina - MITO


É verdade que, em termos de economia de água e energia, você não deveria ligar a máquina para lavar uma só peça. No entanto, a maioria das máquinas modernas possui vários ciclos que regulam a quantidade de água (e até de sabão e amaciante) de acordo com a quantidade de roupas. A existência dos ciclos permite que você não precise encher a máquina e favorece a separação das peças, por cores e tecidos.

É preciso separar as peças - VERDADE


Alguns tecidos podem desbotar durante o processo de lavagem e manchar outros. Por isso, o ideal é lavar as roupas separadas em, pelo menos, três categorias: brancas, coloridas e escuras. O processo também evita que as roupas acumulem plumas.

É recomendável, ainda, separar as roupas mais sujas, utilizando o ciclo específico da máquina para limpeza pesada. As peças com sujeira mais leve podem ser lavadas no ciclo rápido, que economiza água e energia.

Também é importante lavar as roupas de cama separadamente, em um ciclo próprio para elas, também separando por cores. Se possível, não lave lençóis e fronhas com toalhas. Um ciclo de cada vez.

O ciclo não faz diferença - MITO


Os processos de cada ciclo existem por um motivo e lavar as roupas em um ciclo errado pode fazer com que elas não fiquem exatamente limpas. Uma peça muito suja, por exemplo, precisa do molho dos ciclos mais longos. Programe com atenção!