A peça, além de fashion, é muito versátil. Descubra todo seu potencial!

Monte looks incríveis com sutiã strappy

Houve um tempo em que as mulheres tinham verdadeiro pavor que o sutiã aparecesse no look. Foi do sentimento de necessidade que o sutiã permanecesse totalmente escondido que surgiram alças de silicone, sutiãs adesivos e até faixas adesivas para a sustentação dos seios. 

Atualmente, deixar o sutiã aparecendo está longe de ser um problema. Pelo contrário: deixou de ser exclusivamente uma lingerie para ser também uma peça de outwear estilosa.

Os sutiãs strappy são muito diferentes dos tradicionais e funcionam como uma peça de roupa complementar ou autônoma. Com tiras finas pelo colo e abaixo do busto, ou mais largas, relembrando o modelo bralet, podem ser usados e exibidos em vários looks.

1 - Look básico


A boa, velha e clássica camiseta “molinha” é uma grande aliada para quem está querendo começar a usar o sutiã strappy. Principalmente se for cavada e com um belo decote em V.

No caso da camiseta, o sutiã strappy será um detalhe no seu colo, aparecendo de forma bem discreta. Perfeito para quem quer introduzir o strappy no seu estilo e ainda não se sente muito segura. 

Por ser muito versátil, a camiseta aceita todos os complementos, seja saia, shorts ou o bom e velho jeans. Para um look mais despojado, dê preferência ao mom jeans, destroyed ou skinny.

2 - Para o calor

 
O sutiã strappy é um ótimo aliado para os dias de calor intenso, em que você quer colocar uma blusa mais fresca sem perder o estilo. Regatas cavadas, especialmente com costas estilo nadador, irão valorizar o desenho formado pelas tiras do sutiã strappy, tirando o look da monotonia.
 

3 - Com transparência


Transparências podem ser super sexy ou seguir um estilo mais romântico e fluído. E para ambos os estilos, o sutiã strappy é um ótimo complemento.

Caso queira investir em um visual mais fatal, a peça é um bom complemento para blusas mais transparentes, especialmente quando da mesma cor do sutiã. Nesse caso, os olhares irão todos para o sutiã, que deve ser bem ajustado e valorizar o seu colo e corpo.

Para criar um contraste de estilos, sempre valorizado na construção de looks, você pode usar um sutiã strappy com um vestido fluído mais romântico. Nesse caso, o complemento de acessórios será mais importante, devendo seguir ambos os estilos.

Caso opte pelo contraste com um visual romântico, insira peças mais carregadas, como jaquetas e coturnos. Vale lembrar que o estilo romântico misturado com peças mais pesadas está super na moda agora que a moda dos anos 90 voltou com tudo.

4 - Sozinho


O sutiã strappy viabiliza vários desenhos com as tiras, então, para as mais ousadas, ele poderá ser usado sozinho, no lugar da blusa. Por ser um look muito ousado, é aconselhável que fique restrito a ambientes noturnos, como baladas. 

Para ser extremamente sexy, mas continuar elegante, combine o sutiã strappy com um blazer mais alongado, de preferência que possa ser abotoado, caso você sinta necessidade.

5 - Por cima de blusas


Uma opção para modelos que combinam a base do bralet com as tiras do strappy nas costas e colo, a utilização por cima de outras peças de roupa é uma ótima saída para quem quer mostrar o sutiã strappy, mas ainda se sente insegura em mostrar tanta pele.

Um exemplo recente de look icônico que foi imitado por várias pessoas foi o visual usado por Juliette no Big Brother Brasil 2021. Combinando um sutiã strappy preto com base mais alongada por cima de uma camisa branca em comprimento de vestido (um vestido chemise), a ex-BBB ficou sexy mostrando pouca pele.

Para esse look, é possível combinar com micro shorts e botas longas, deixas as pernas de fora ou, ainda, complementar com legging ou calça skinny. Em todas as opções, as estrelas são o sutiã e você.