As incertezas do cenário econômico mundial em 2020 adiaram o lançamento de inúmeros modelos no próximo ano no Brasil. Confira alguns deles!

Os primeiro meses de 2020 no Brasil abalaram a economia em diferentes segmentos, como o mercado automobilístico. Contudo, em outubro, os números começaram a surpreender analistas da área, ao indicarem um aumento na busca por carros novos. 

Automobilístico

Se o aumento do desemprego no país e a alta do dólar em relação ao real são fatores que dificultam a venda de carros no Brasil, a oferta de crédito com juros muito baixos e a busca por deslocamentos sem aglomerações são fatores que ajudam a explicar esse fenômeno.

Dados levantados pela revista Quatro Rodas apontam que 7 entre os 10 veículos mais comprados tiveram alta de preços acima da inflação. Só os carros hatches ficaram 14,48% mais caros. Estimativas realizadas pela consultoria LMC Automotive apontam que a expectativa é que haja uma alta de 32% na venda de carros no país em 2021.

Por isso, se você está interessado em adquirir novos modelos de carros, mas fica em dúvida sobre o que esperar do mercado automobilístico em 2021, confira algumas projeções do que vem acontecendo e o que é mais esperado para o ano seguinte. 

Lançamentos adiados


Com a queda nas vendas globais, o mercado automobilístico adiou lançamentos que estavam previstos para o primeiro semestre de 2020. Por isso, se você está na ânsia de comprar um automóvel, vale a pena avaliar se não dá para esperar, porque as novidades são boas.

Um desses lançamentos é o Corolla Cross, novo utilitário esportivo (SUV) da Toyota. Esse modelo já foi lançado no exterior e deve chegar ao Brasil em meados do próximo ano, sendo um concorrente direto para o Chevrolet Equinox e o Jeep Compass. Embora tenha o mesmo nome, o modelo sedã da Corolla seguirá à venda, com seu o motor 2.0 imbatível.

Outra novidade para quem gosta dos modelos SUVs será o Taos, nova aposta da Volkswagen, que deve chegar no Brasil só no segundo semestre do próximo ano. Ele vai fazer a marca alemã dispor nada menos que 4 carros SUVs no mercado. A novidade do Taos será o motor 1.4 TSI, associado a um câmbio automático de 6 marchas.

Uma novidade para quem gosta dos carros da Honda é a chegada dos modelos Fit e City, os mais populares da marca no Brasil. Em 2021, ambos vão ganhar gerações totalmente novas e não apenas versões atualizadas.

No próximo ano, a marca japonesa ainda vai lançar a 11ª geração do famoso Honda Civic, que mantém a plataforma CCA atual, trazendo base mais adaptada aos sistemas motrizes e híbridos plug-ins.

Por fim, outro modelo que chega ao Brasil no fim de 2021 com boas promessas é o Spin Nova Geração. Ele ganha itens de segurança, além de maior controle de tração e estabilidade. O motor também será renovado (1.0 turbo de 116 cavalos) em uma versão crossover. 

Expectativas


Uma das maiores expectativas para 2021 é a retomada do setor siderúrgico, a partir do aumento da demanda de diferentes segmentos econômicos, entre eles, o mercado automotivo.

A popularização do e-commerce no Brasil e uma maior atualização dos catálogos digitais pelas concessionárias são outras razões que motivam os especialistas do setor a terem expectativas otimistas para o próximo ano.

É importante lembrar que as expectativas de melhora estão atreladas aos cenários em que a crise seja controlada, em que não haja confinamento, nem uma continuação da desvalorização do real no mercado internacional, além de uma boa oferta de matérias-primas, especialmente, o aço.