O ar condicionado é um aparelho indispensável para muita gente. Será que ele é econômico? Descubra. 

O ar-condicionado é um aparelho que deixa qualquer ambiente mais confortável, sobretudo no verão, quando ameniza o calor e, consequentemente, proporciona uma maior qualidade de vida. Entretanto, um ponto pouco falado que deve ser considerado é sua eficiência energética

Ar-condicionado

Antes de adquirir seu ar-condicionado, é importante pesquisar para saber quais são os aparelhos que possuem o melhor custo-benefício. E, para tornar essa tarefa mais simples, neste artigo explicamos quais as tecnologias que tornam o aparelho mais econômico. Se você está pensando em adquirir um ar-condicionado e tem dúvidas quanto ao consumo de energia, continue lendo. 

Eficiência energética do ar-condicionado


Apesar do consumo do aparelho depender de uma série de fatores — como modelo, maneira e tempo de utilização, propriedades, etc. — há características específicas que contribuem para a economia de energia do ar-condicionado. Entre elas, as principais:

  • O Selo Procel A;
  • Funções que diminuem o consumo;
  • Uso de tecnologias mais avançadas;
  • Compatibilidade do condicionador de ar com o ambiente em que o aparelho está instalado. 

Selo Procel A


Algo que ajuda muito a escolher um ar condicionado que seja realmente econômico é conferir se o aparelho possui o Selo Procel A. O Selo Procel é uma certificação dada pelo Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica que comprova a eficiência energética de eletrônicos e eletrodomésticos. As classificações são divididas entre A, B, C, D e E, sendo A concedida para aparelhos com menor consumo e E para aparelhos com o consumo mais alto. Dessa forma, o mais indicado é procurar um ar-condicionado que tenha o Selo Procel A. 

Função Sleep


Independentemente do modelo de ar-condicionado (de janela, inverter, split, ou portátil), a recomendação é escolher um aparelho que possua funções de desligamento automático ou diminuição de potência.

Atualmente, diversos modelos possuem funções que desligam o ar-condicionado após determinado período ou que contam com o “modo sleep”, que aciona um tipo de funcionamento econômico durante a noite, com um desempenho reduzido, que proporciona um descanso ainda mais confortável. 

Tecnologia Inverter


Em relação à tecnologia, o modelo que mais se destaca é o Split Inverter. Esse tipo de aparelho é um dos mais avançados e possui uma ferramenta que regula a compressão do ar condicionado. Dessa forma, ele é capaz de diminuir e não somente desligar, o que auxilia a manter a temperatura do cômodo por um tempo maior e, ainda, não causa picos de consumo elétrico Ao adquirir um ar-condicionado Inverter você economiza até 60% em energia elétrica. 

Potência dos BTUs


Além de buscar um aparelho que possua tecnologia Inverter e o Selo Procel A, o último principal ponto que deve ser avaliado é a potência do ar-condicionado (que é medida em BTUs) e sua compatibilidade com o cômodo que o aparelho será instalado.

Essa combinação é um ponto-chave para que o ar-condicionado tenha um rendimento satisfatório em relação à climatização e à eficiência energética. De todo modo, é necessário, como já dito, considerar o tamanho do cômodo, a quantidade de outros aparelhos eletrônicos no ambiente e a circulação de pessoas para definir a potência adequada para o local.

Agora que você já tem as principais informações sobre como escolher um ar-condicionado econômico que te ofereça o melhor custo benefício, faça uma boa pesquisa antes de definir qual aparelho irá comprar. As lojas virtuais disponibilizam as chamadas “fichas técnicas” dos produtos e, normalmente, lá está tudo o que você precisa saber sobre o ar-condicionado. No entanto, caso ainda haja algum tipo de dúvida, você pode pesquisar mais sobre o aparelho ou ir a uma loja física para fazer perguntas aos vendedores.