Muitos profissionais não sabem o que fazer ou como mudar seus rumos de carreira após uma demissão. Muitas vezes ouço dessas pessoas que eles enviam currículos para diversas empresas sem receber chamadas de entrevista. Este é um sinal importante de que algo pode ser melhorado. Pensando nisso, vamos compartilhar alguns passos que podem aumentar suas chances de chamar a atenção de um recrutador ou supervisor responsável pela vaga e ser convidado para o bate-papo.

Como aumentar as suas chances de conseguir um bom emprego

Vamos lá?

1. Reavalie o seu currículo

Um bom currículo é sua primeira chance de causar uma boa impressão nos recrutadores. A ideia da reavaliação que sugiro é confirmar se as informações da documentação realmente representam você. Peça a alguém de sua confiança para ler o seu currículo e dar uma opinião sincera. É importante que, ao visualizar o documento, essa pessoa possa entender seu trabalho, os principais resultados que você já alcançou e o que você busca dentro do mercado de trabalho.

Tenha em mente que menos é mais, então seja sempre objetivo. Evite currículos que são longos, pois nem sempre os recrutadores terão tempo para ler todo o documento.

Ao inserir informações, considere recursos visuais que transmitem informações organizacionais e profissionais. Não invente de fazer diversas artes dentro do seu currículo, a menos que esteja se candidatando a um emprego criativo, como designer gráfico.

É muito importante que o seu currículo tenha: nome, idade, endereço, Cursos, qualificações, trabalhos que já fez, entre outros.

2. Customize o documento

Um grande erro que os candidatos a emprego cometem é enviar o mesmo currículo sem nenhum padrão. Indicamos que você personalize seu documento com base na descrição de cada trabalho para o qual se candidata.

Aqui, vale a pena dar atenção especial à personalização de metas, principais resultados alcançados e palavras-chave, principalmente pela possibilidade de que a IA possa completar o primeiro filtro nas mãos do recrutador.

3. Escolha as vagas com coerência

Candidate-se apenas a vagas que você realmente tenha afinidade e poderá contribuir de forma positiva, ou seja, você tem boa persistência. Nada impede você de se candidatar a outras oportunidades além daquelas que pertencem ao seu histórico de experiências. Tenha em mente três coisas: as chances de ser chamado são bem menores; se uma porta se abrir, faça uma apresentação bem estruturada para convencer o recrutador a mudar; se receber uma oferta, sempre busque estar preparado se a empresa lhe oferecer outros termos de posição e remuneração.

4. Tenha proatividade

É visto que dentro do mercado há diversas pessoas em busca de novas oportunidades de carreira, não é incomum que um anúncio de emprego receba muitos currículos. Como se destacar da multidão? Veja se conhece alguém que trabalha na empresa alvo, comente que vê uma vaga e peça ajuda. Nesse caso, a ideia dessa pessoa é fazer sempre a ponte entre você e o recrutador da vaga para aumentar suas chances de ser contratado.

Mas lembre-se, não é dever da pessoa ajudar ou garantir sua contratação, e se a pessoa não estiver disposta a demonstrar, não insista. Se você não conhece alguém que trabalha para a organização, pode entrar em contato diretamente com o contratado pelo LinkedIn ou por qualquer e-mail da empresa.

5. Valorize o networking

Você sabia que a maioria das vagas de emprego nunca são anunciadas

Para entrar nesses processos, o networking percorre um longo caminho e tem uma sólida reputação dentro do mercado de trabalho para manter em mente essas vagas em aberto. Embora os headhunters não publiquem vagas de emprego confidenciais, nós recorremos ao networking, pedimos os nomes dos mais qualificados profissionais que a pessoa conhece em um campo específico e mantemos o processo privado. Depois de entender isso, concentre-se em como criar e manter sua rede.

6. Invista na sua melhoria contínua

Saiba quais são os seus pontos fortes. Porém, nunca avalie sem sinceridade quais os seus pontos fortes e até os fracos. Por exemplo, digamos que a fluência em inglês seja necessária para a maioria dos empregos em sua área.

Se o seu inglês não é tão bom, reserve um tempo para aprendê-lo e faça um Cursos Online de Inglês para que você possa melhorar em um curto período de tempo. É melhor investir em lacunas e falar honestamente sobre seu plano de melhoria contínua durante a entrevista. Não adianta mentir no currículo só para ter certeza de que está incluído no processo seletivo. Um recrutador experiente logo descobrirá suas intenções e as portas da empresa se fecharão.

7. Mantenha atenção ao timing

Diversas pessoas perdem uma grande oportunidade de carreira pois enviam seu currículo com atraso, enquanto o processo de seleção já começou. Dentro desse caso, é preciso ter muita sorte para que a primeira amostra de perfis selecionados não agrade ao recrutador, que então decide incluir novos candidatos no processo. Para chegar na hora, é melhor verificar o LinkedIn e outros sites que podem postar anúncios de emprego diariamente. Basta investir alguns minutos por dia nessa busca.

8. Faça bom uso do LinkedIn

Um bom perfil no LinkedIn vai lhe ajudar a causar uma boa impressão e, assim, vai lhe ajudar a aumentar as conexões do recrutador, mesmo para vagas que não foram divulgadas em nenhum lugar. Tenha sempre um perfil completo, tenha atenção na legenda e na foto em destaque. O título deve ser capaz de falar sobre seu trabalho e também conter palavras-chave. Por ser uma rede de relacionamento, curtidas, comentários e postagens aumentam a relevância do seu perfil.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.