Se você adora essa bebida fermentada ou tem vontade de experimentar novos sabores dela, confira dicas das principais variedades de cerveja para desfrutar no próximo happy hour.

Cerveja

A cerveja é conhecida como a bebida alcoólica mais consumida no Brasil, estando presente nas mais diversas ocasiões — desde casamentos e formaturas até churrascos de família.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que, em 2020, a ingestão média per capita de cerveja no Brasil foi de 70,9 gramas por dia (54,5 gramas por homens e 16,4 por mulheres).

Assim, se você adora esse sabor único, mas experimentou poucos sabores de cerveja até hoje, confira os principais tipos e inove nas opções para o próximo almoço em família ou happy hour com amigos.

Pale Ale


Esse é um dos tipos de cerveja mais antigos e engloba as cervejas claras de alta fermentação. Na Inglaterra, é conhecida como English bitter, já que apresenta um sabor mais amargo em comparação a outros tipos.

Via de regra, a Pale Ale concentra diferentes concentrações de álcool: de 3,2% e 3.8% (Ordinary Bitter), de 3,8% a 4,6% (Best Bitter) e de 4,6% a 6,2% (Extra Strong Bitter). Qualquer que seja o tipo de Pale Ale, um dos traços mais característicos dessa cerveja é a formação de pouca espuma, que é resultado de baixa carbonatação.

India Pale Ale (IPA)


Essa cerveja foi criada no século XVIII e era fabricada, principalmente, para os oficiais do Exército Britânico que moravam na Índia na época. A bebida era produzida com bastante lúpulo para que os oficiais aguentassem a longa viagem da Inglaterra à Índia.

A grande quantidade de lúpulo conferia muito mais amargor para a bebida, com sabor e aroma bastante frutados. Outra vantagem é que a cerveja IPA é mais refrescante que outros tipos, o que a torna uma das mais consumidas no mundo. Existem inúmeros subtipos da cerveja Pale Ale, como American IPA, Imperial IPA, New England IPA, entre outros.

Porter


Essa cerveja foi criada no século XVII na Inglaterra, sendo a mais consumida por trabalhadores portuários ingleses e irlandeses. A cerveja tipo Porter é um dos estilos mais populares do mundo, marcado pela coloração escura e produzida com malte torrado.

A cerveja do tipo Porter tem sabores que remetem ao chocolate amargo, ao café e a biscoitos. O mais comum é encontrar três subtipos dessa cerveja: a brown porter (que contém menos álcool, sendo adocicada e leve), a Robust Porter (mais encorpada e amarga) e a Baltic Porter (menos amarga, mais clara e com maior teor alcoólico).

Stout


É a cerveja de cor preta, aroma torrado e sabor leve de cacau, sendo considerada uma versão mais forte e escura da Porter. Outro traço característico da cerveja Stout é seu aspecto cremoso, seco e amargo, com a sua espuma podendo ir desde tons claros até o marrom.

Existem seis subtipos de cerveja Stout, sendo que todos apresentam coloração escura e sabor mais amargo. A coloração preta é fruto de bastante malte torrado (ou cevada tostada) e é isso que confere sabor tostado à Stout e a faz ser mais encorpada.

Witbier


Essa cerveja, cujo nome significa “cerveja branca", foi criada na Bélgica. O fato de ela não ser filtrada lhe confere um aspecto turvo, mesmo tendo uma coloração branca. Diferente da Weiss alemã, a Witbier é feita com trigo não maltado e temperada com casca de laranja e coentro. Isso faz com que essa cerveja apresente um sabor levemente picante (dado pela semente de coentro) e crítico (por conta da laranja), o que faz da Witbier uma cerveja bastante inovadora e inesquecível.